Site reúne perfis de mulheres pioneiras na arquitetura

Postado em 07/03/2018

Na busca permanente pelo reconhecimento da história, vivida e escrita por grandes mulheres, a Beverly Willis Architecture Foundation lançou um site para promover e documentar grandes nomes da arquitetura. Com o nome de Pioneering Women of American Architecture, o projeto elegeu 50 mulheres pioneiras na arquitetura americana com o objetivo de dar visibilidade à obra de arquitetas esquecidas ou pouco valorizadas.

Resultado de numerosas entrevistas, pesquisas e documentação fotográfica, o site reúne dados sobre a carreira e o trabalho de várias profissionais, todas nascidas antes dos anos 1940.

Mulheres arquitetura

 

O grupo de pesquisa incluiu um júri de historiadores da arquitetura, que se responsabilizou pela escolha dos nomes, além de autores selecionados para mergulhar na história de cada uma dessas mulheres e traçar seus perfis independentes. Entre os destaques estão Marion Mahony Griffin, Ada Louise Huxtable e Ray Kaiser Eames.

Mulheres arquitetura_3

 

Sendo uma crítica de arquitetura do New York Times, Ada Louise Huxtable tinha controle sobre a reputação de outros arquitetos. Seu novo perfil destaca suas realizações, tendo sido a primeira mulher a fazer parte do júri do prêmio Pritzker, recebido uma Bolsa de Guggenheim e um Prêmio Pulitzer.

Mulheres arquitetura_2

 

O perfil de Ray Kaiser Eames, por exemplo, destaca a contribuição dela em diversos campos, da arquitetura ao design de mobiliário, têxtil, filmes e brinquedos. Foi graças ao passado artístico de Ray que os painéis ousados e coloridos que lembram Mondrian tiveram lugar na fachada da Casa Eames.

O site foi concebido pelo estúdio Yay Brigade, de Los Angeles, e apoiado pelo National Endowment for the Arts e outros estúdios de design. A ideia dos criadores é expandir o site, acrescentando mais profissionais ao arquivo.

Que esse exemplo de projeto e a história dessas arquitetas encoraje jovens mulheres a seguirem a carreira arquitetônica e revelando grandes talentos.